terça-feira, 5 de outubro de 2010

CANTIGAS DE UM SOLAR

"CANTIGAS DE UM SOLAR"


Sol e lar aqui é o "SOLAR DOS SOARES"
Luz orquestrada de puro ar
Oxigênio espiritual, meu respirar
Acordes de sol e lá cantado nos ares
Esta música não pode calar
Quero estes acordes acordar
Quero solfejos de vida neste solar.

Sol e ar, acordes, nota musicais
Sopros e cantos afinados em euforia
Cordas vibrantes despertam meus ais
Seriam pássaros, xexéus em assobios?
Seriam aves, galos a despertar?
Cantigas incompletas de um canto solar?

Paredes têm vozes, chão tem histórias
Gigante templo de memórias
Gaita, violino, bandolim,
Clarinete, acordeom, muitas canções
Uma seresta embalando corações
Um cavaquinho, uma flauta, um violão
Tocada cá dentro em oração.

Meu corpo viaja em meio a este acalanto
Geme, gemidos de saudade e dor
Uma mistura de afago e canto
Abraços abraçados de fé e amor.
Meu olhar perdido no infinito além
Sabe Deus, a procura de "QUEM"
Atravessa esferas celestiais
Apara notas musicais a saltitar
Dos portais angelicais lindos festivais
Cantam cantigas de um velho solar
Pinhos, cordas e arpejos
Solam no meu peito entre beijos
A doce magia que vem das Galáxias.



Itanira Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...